Offer – Vino Vero Lisboa
O que é que se bebe em Versailles?

Champagne: Horiot, Landron, Robin

180 €


Share:

Um box de três garrafas para nos sentir reis e rainhas!

1. Champagne Metisse, Olivier Horiot
Olivier Horiot foi sem dúvida uma revelação na região do Champagne. A família viveu por muito tempo em Riveyes, no coração da Cote des Bar, lugar único em Champagne. Olivier cultiva 8,5 hectares pela maior parte em Pinot Nero, como também em Chardonney, Pinot Blanc, Pinot Menier e Arbanebane, uma variedade muito antiga da área. Trata-se de uma Cuvee (de bagas brancas e pretas), nome devido à denominação de 6 terroir diferentes que a constituem.
Caracterizado pelos aromas cítricos e florais das bagas brancas e pela pungência e alcaçuz das bagas pretas.

2. Atmospheres, Jo Landron
A história de Domaine Landron começa em 1945, 20 anos após a existência da denominação «Muscadet Sevre e Maine». O pai do Jo, PIerre, e o seu tio, Julien, começaram a converter todos os terrenos deixados incultos após a guerra, entre 1950 e 1970. Hoje em dia, os vinhos de Domanie Landron abraçam a agricultura orgânica e biodinâmica, conseguindo criar uma produção vitivinicula que exprime no seu melhor o terroir da região.
Oferecemos Atmpospheres, um método tradicional, feito por uvas de Folle Blanche, Pinot Noir e Chardonnay, crescidas em terreno argiloso e calcário. Fermentação espontânea com fermentos indígena para 2/3 semanas, 4 meses em tanques antes da segunda fermentação em garrafa, engarrafado para a segunda fermentação seguindo os princípios do método tradicional
Equilibrado, seco, ótima acidez, ideal para aperitivos!

3. Champagne Eclats de Meulière, Jeaunaux Robin
Esta garrafa vem de um pequeno domaine familiar fundado em 1964 por Michel e Marie Claude Jeauneaux. A azienda tem apenas 5,7 hectares em proximidades da aldeia de Talus Saint Prox, perto de La Valle du Petit Morin, na parte mais a sul da Cote de Blancs. Produzem seguindo os métodos da biodinâmica cerca de 40 mil garrafas. Este champagne é um assemblage de: Pinot Meunier, 60 %, Pinot Noir 30 % e 10 % Chardonnay, com uma fermentação em velhas barrique e deixado nos fermentos por 30 meses. Eclat de Meuliere significa «surto de moagem», evocando a natureza do terreno. Ium começo com uma fruta intensa, paladar cheio e um memorável final mineral

offers
Evviva l’Emilia… soccia!!

Ca’ dei Quattro Archi, Lusenti, Bergianti

– Vino Vero Venezia
offers
La vie en rosé!

Il Ceo, Furlani, Terre di Giotto

– Vino Vero Lisboa